Polícia encontra cabo enrolado em hélice do avião que levava Marília Mendonça

Os destroços da aeronave serão encaminhados ao Rio de Janeiro nesta terça-feira (9). Já os motores serão levados para Sorocaba, em São Paulo
A Polícia Civil de Minas Gerais encontrou um cabo enrolado em uma das hélices do avião que caiu e vitimou de forma fatal a cantora Marília Mendonça e mais quatro pessoas, em Caratinga, na última sexta-feira (5).
Apesar da descoberta, o delegado que investiga o caso, Ivan Lopes Sales, informou que ainda não é possível  afirmar que o cabo é o mesmo que se rompeu na torre de transmissão de energia da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).
Os destroços da aeronave serão encaminhados ao Rio de Janeiro nesta terça-feira (9). Já os motores serão levados para Sorocaba, em São Paulo.
Marília Mendonça, de 26 anos, morreu na queda de um avião de pequeno porte próximo a uma cachoeira na serra da cidade de Piedade de Caratinga, no interior de Minas Gerais, na tarde da última sexta-feira (5). Além dela, o produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto e co-piloto do avião também faleceram.
COMPARTILHAR

Warning: A non-numeric value encountered in /home3/reporterbarra/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008