Início Brasil Destaque PM tentou fugir, mas foi baleado e morto na rua

PM tentou fugir, mas foi baleado e morto na rua

 

Sargento da PM Rodrigo Mendonça de Andrade chegou a tentar fugir de assassino, mas foi baleado. Sargento da Polícia Militar Rodrigo Mendonça de Andrade teve seu carro cercado na rua Tejupa. Ele ainda tentou correr, mas perseguido pelo assassino.

Rio – Gravações de câmeras de segurança mostram que o sargento da Polícia Militar Rodrigo Mendonça de Andrade, morto na madrugada de segunda-feira (19), ainda tentou correr dos assassinos, mas foi perseguido e baleado na calçada. O crime aconteceu entre as ruas Tejupa e Honório Pimentel, na Vila da Penha, Zona Norte do Rio. A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) investiga.
O crime ocorreu por volta das 3h de segunda-feira. Rodrigo Mendonça de Andrade estava em seu carro particular, um Ford Fiesta branco, quando foi cercado por quatro homens armados. O carro foi atingido e o policial chegou a correr pela rua para tentar fugir, mas caiu poucos metros depois, como mostram as câmeras de segurança. Um dos criminosos, então, se aproxima de Rodrigo e dispara mais uma vez, na altura da cabeça.
A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) investiga o caso. A Polícia Civil apreendeu um carregador de pistola e um celular, possivelmente abandonados pelos criminosos. O material será periciado. O Portal dos Procurados, do Disque Denúncia, busca informações que possam localizar os envolvidos na morte do policial.
Publicidade

O PM era lotado no 16º BPM (Olaria). Em nota, a corporação lamentou a morte do sargento. Segundo a assessoria da corporação, o policial de 44 anos estava há 22 anos na instituição. Ele era casado e deixa uma filha. “A Secretaria de Estado de Polícia Militar lamenta profundamente a morte do segundo sargento Rodrigo Mendonça de Andrade, nesta segunda-feira (19)”.
Publicidade

De janeiro até esta segunda-feira, são mais de 100 agentes de segurança atingidos por tiros no Rio. Segundo o Instituto Fogo Cruzado, dos 109 agentes, 45 morreram. Entre os agentes baleados, 87 eram policiais militares: 32 deles morreram.
COMPARTILHAR

Warning: A non-numeric value encountered in /home3/reporterbarra/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008