Vereadores falam do revsol que vai pavimentar estradas vicinais

 

Apesar do recesso legislativo, os parlamentares municipais continuam trabalhando. Com o recesso das sessões, os vereadores estão buscando soluções que possam ajudar no desenvolvimento de Barra de São Francisco. Tres deles, estiveram conhecendo o sistema de aplicação De acordo com o líder do Executivo Municipal, vereador Emerson Lima, a implantação do sistema de pavimentação das estradas vicinais, utilizando do produto revsol, um tipo de revestimento primário empregado nas vias urbanas e rurais e produzido pela ArcelorMittal.

No ano passado o Governo do Estado, o município de Alfredo Chaves recebeu o primeiro Centro de Distribuição de REVSOL (CDR) no Estado. por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), por lá a Prefeitura do município e a empresa ArcelorMittal para a implantação do CDR.

Esse material vem sendo utilizado em municípios localizados próximos da siderúrgica, no sul do ES, notadamente em Alfredo Chaves, Guaçui, Iconha, Anchieta e no norte do estado no município de Linhares.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal, vereador Lemão Vitorino, a aplicação do revsol com mistura com argila, torna o processo com a necessidade de aplicação de uma camada, pelo menos 10 cm de espessura de solo argiloso, fator que muito contribuirá para melhoria das estradas vicinais principais do município. “Vai em muito melhorar a vida de quem trafega pelas nossas estradas de chão” disse ele.

Segundo o vereador Emerson Lima, a rodovia ES 320 que vai das margens da BR 108 (Rodovia do Café), perto da antiga secadeira em direção ao Córrego do Itá. Emerson Lima justificou que serão pelo menos 80 toneladas do produto que deve chegar esta semana ao município.

Já o vereador Jadeir Brum que é motorista profissional de cargas pesadas, destacou que com esse sistema, a população que reside no meio rural, será amplamente beneficiada, bem como todo o setor produtivo, que necessita escoar com menor custo, visto que em diversos períodos do ano, as comunidades sofrem com a manutenção das vias vicinais.

O revsol foi apresentado aos vereadores, técnicos e outras autoridades, no município de Alfredo Chaves, pioneiro na utilização do agregado siderúrgico, considerado como sub-produto ou rejeito pela indústria, mas de grande utilidade na confecção de greide de estradas. O greide é a inclinação vertical do eixo da estrada, formando-se os aclives e declives ajustados por uma curva de concordância vertical. As curvas verticais servem para unir de modo confortável e seguro as rampas de aclive (subidas) com as rampas de declive (descida) e vice-versa.

Na estrada, o material deverá ser em terreno já escarificado, em uma camada de aproximadamente 10 cm de espessura do agregado siderúrgico. Esses materiais deverão ser homogeneizados, umectados e em seguida compactados.

 

ASCOMCMBSF

COMPARTILHAR

Warning: A non-numeric value encountered in /home3/reporterbarra/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008