Em Colatina canoa que fazia travessia do Rio Doce em 1928 está sendo restaurada

Muito conhecida dos colatinenses, principalmente dos fiéis leitores da Biblioteca Municipal de Colatina, a canoa que você vê na imagem dividia espaço com as centenas de livros e estantes do espaço, mas poucos conhecem sua origem.

Agora, está sendo restaurada por iniciativa da equipe da Secretaria de Cultura, mantendo as características originais, e vai receber placa de identificação para perpetuar sua história.

Com 12 metros de comprimento e pesando 800 quilos, a canoa feita em 1913 a partir da madeira de vinhático operou por uma década e meia transportando passageiros na travessia do Rio Doce. Com a construção da ponte Florentino Ávidos, a navegação foi interrompida em 1928.

COMPARTILHAR

Warning: A non-numeric value encountered in /home3/reporterbarra/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008