Segundo pesquisa maioria da população não gostaria de escolher a marca de vacina contra Covid-19

Com o avanço tímido da campanha nacional de vacinação contra o novo Coronavírus (Covid-19), o Brasil se vê em meio a escassez de doses das vacinas. No entanto, a maioria da população brasileira afirmou que não gostaria de escolher a marca do imunizante, de acordo com pesquisa feita pela Paraná Pesquisas, divulgada nesta terça-feira (2). No mesmo levantamento, as pessoas ouvidas revelaram a preferência pela CoronaVac, do Instituto Butantan, e AstraZeneca/Oxford, caso pudessem escolher a marca da vacina.

De acordo com o levantamento, 70,2% dos entrevistados afirmaram que não gostariam de escolher a marca da vacina que irão tomar, enquanto 29,8% que gostariam de escolher o imunizante.

Questionados se pudesse escolher a marca da vacina, a preferência dos entrevistados foi pelas duas marcas que atualmente estão sendo utilizadas para imunizar a população: CoronaVac (23,6% da preferência) e AstraZeneca/Oxford (21,2%). Também foram citadas as vacinas da Pfizer (11,3%) e Janssen, da Johnson & Johnson (9%). 20,5% das pessoas ouvidas disseram ser indiferentes quanto à marca. Apenas 5,4% dos entrevistados declararam nenhuma das vacinas.

Ao todo, foram ouvidas 2.070 pessoas, por meio de entrevistas por telefone, em 192 municípios brasileiros em todos os estados e Distrito Federal entre os dias 24 e 26 de fevereiro. A pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos e 95% de grau de confiança.

COMPARTILHAR

Warning: A non-numeric value encountered in /home3/reporterbarra/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008