Cadeia produtiva de rochas se une para a estruturação de pacto setorial com agência nacional

* Karina Porto Firme 

Um novo passo para composição da representatividade do setor de rochas nacional foi dado na última quinta-feira, 11 de fevereiro, quando o Centro Brasileiro dos Exportadores de Rochas Ornamentais (Centrorochas) protocolou proposta de novo projeto setorial junto à Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX-Brasil).

O plano protocolado tem como objetivo fortalecer e aumentar a presença das rochas brasileiras no mercado internacional. A insatisfação do empresariado com a estagnação no volume de exportações, que há 12 anos praticamente não registra alteração em seus números, levou a entidade a desenvolver uma proposta inovadora e, de forma inédita, desenvolvida com a ampla participação das empresas do setor.

Mobilização empresarial

Detentor do maior convênio com a agência nacional, o setor de rochas brasileiro iniciou no final de 2019 um trabalho para revisão do processo de apoio ao segmento e elegeu o Centrorochas como representante nacional. Desde o ano passado, a entidade fortaleceu o processo de mobilização empresarial para construção do novo projeto para o setor, que contou com participação ativa dos empresários e apoiadores aderente aos anseios do segmento por uma nova representatividade nacional, dentre estes, os sindicatos patronais dos maiores estados exportadores do Brasil: Sindirochas-ES (Sindicato das Indústrias de Rochas Ornamentais, Cal e Calcários do Estado do Espírito Santo), Sinrochas-MG (Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais), Simagran-CE (Sindicato das Indústrias de Mármores e Granitos do Estado do Ceará) e o Sindicato das Indústrias da Construção de Duque de Caxias (Sincocimo-RJ).

Atualmente, o setor de rochas vive um momento ímpar em sua trajetória, com envolvimento direto e participativo das empresas e entidades estaduais, que lideradas pelo Centrorochas, trabalham pelo início de um novo capítulo em sua história.

Na última quinta-feira, 11, o Centro Brasileiro dos Exportadores de Rochas Ornamentais divulgou um comunicado informando sobre o protocolo do ‘It’s Natural: Brazilian Natural Stone” junto à Apex-Brasil. O texto reforça que o trabalho em conjunto foi e continuará sendo o grande diferencial, aliado à transparência durante toda a execução do projeto. A partir de agora, a agência nacional fará uma criteriosa análise na proposta para emitir seu parecer.

COMPARTILHAR

Warning: A non-numeric value encountered in /home3/reporterbarra/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008