Início Brasil Destaque Flamengo vence bonito o Goiás e está no G-4 do Brasileiro

Flamengo vence bonito o Goiás e está no G-4 do Brasileiro

Rubro-Negro, que não vencia há três rodadas, vence em Goiânia por 3 a 0 e ainda teve dois gols de Gabigol anulados

 

 

Dupla sensação em 2019, Bruno Henrique e Gabigol tiveram bons momentos na vitória sobre o Goiás - Alexandre Vidal / Flamengo
Dupla sensação em 2019, Bruno Henrique e Gabigol tiveram bons momentos na vitória sobre o Goiás. Alexandre Vidal / Flamengo
Goiânia – Sob a desconfiança do torcedor, o Flamengo venceu por 3 a 0 o Goiás, nesta segunda-feira, no Serrinha, e aliviou a pressão pela sequência negativa – um empate e duas derrotas – no Campeonato Brasileiro. Ainda distante do brilhantismo de 2019, o Rubro-Negro, com uma rodada a menos, garantiu a volta ao G-4, na quarta posição, com 52 pontos, com os gols de Arrascaeta, Gabigol e Pedro. O resultado diminuiu a desvantagem para líder São Paulo, que soma 57, mas o Palmeiras, adversário de quinta-feira, em Brasília, segue na cola dos cariocas, com 51.
A chuva parecia que atrapalharia os planos de Goiás e Flamengo. Pelo volume, a eficaz drenagem do Serrinha não foi desculpa para o lento ritmo do primeiro tempo. Na zona de rebaixamento, o Goiás, com três zagueiros e apenas Douglas Baggio na armação, pouco ameaçou. Com a escalação de Diego, o Flamengo apostou na melhora do passe e auxílio a Everton Ribeiro e Arrascaeta.
 
A agressividade ofensiva que o torcedor esperava não aconteceu. Mas com paciência, o Flamengo explorou a fragilidade do Esmeraldino. Com dois gols anulados pelo VAR por impedimento, Gabigol poderia ter dado mais tranquilidade ao Rubro-Negro, após ótimas assistências de Diego e Everton Ribeiro. O primeiro gol aconteceu quase no fim do primeiro tempo, aos 41, com Arrascaeta, aproveitando o passe de Diego e o desvio da finalização na marcação.
A vantagem trouxe alívio. Com o Goiás obrigado a propor o jogo, o Rubro-Negro administrou o resultado e o desespero do adversário. Everton Ribeiro quase aumentou o placar, mas foi no ataque seguinte que a dobradinha Bruno Henrique/Gabigol voltou a funcionar. Em alta velocidade, o camisa 27 aproveitou a falha da marcação e, já dentro da área, fez uma assistência açucarada para o artilheiro fazer o segundo gol, aos 17.
Com o jogo sob controle, Rogério Ceni antecipou o planejamento para o confronto com o Palmeiras e sacou os pendurados Bruno Henrique e Gabigol. Para evitar o desgaste, Filipe Luís foi outro poupado no decorrer do segundo tempo. Pedro, no entanto, não desperdiçou a chance , após boa roubada de bola de Renê, e chutou entre as pernas de Tadeu para fazer o terceiro, aos 49.
Com um ‘jogo-chave’ para as pretensões de título brasileiro, Flamengo e Palmeiras, concorrentes nos últimos três anos, disputarão um clássico com cara de decisão no Mané Garrincha.
GOIÁS X FLAMENGO
Estádio: Serrinha, em Goiânia (GO)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa-PR)
Gols: 1º tempo – Arrascaeta (41 minutos). 2º tempo – Gabigol (17 minutos) e Pedro (49 minutos)
Cartões amarelos: Fernandão, Rafael Moura, Breno, Tadeu, Ariel Cabral; Filipe Luís
Cartões vermelho:
Público: Jogo com os portões fechadosGOIÁS: Tadeu, David Duarte, Fábio Sanches e Heron; Shaylon, Ariel Cabral (Sandrinho), Breno (Miguel Figueira), Douglas Baggio (Vinícius) e Jefferson; Fernandão (Daniel) e Rafael Moura (Índio). Técnico: Glauber Ramos

FLAMENGO: Hugo Souza, Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís (Renê); Willian Arão, Diego, Everton Ribeiro e Arrascaeta (João Gomes); Bruno Henrique (Pedro) e Gabigol (Michael). Técnico: Rogério Ceni

Por O Dia
COMPARTILHAR

Warning: A non-numeric value encountered in /home3/reporterbarra/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008