Início Brasil Destaque Vasco goleado pelo Grêmio 4 x 0

Vasco goleado pelo Grêmio 4 x 0

Em Porto Alegre, o solitário Benítez foi o único que tentou algo diferente para evitar o novo vexame no Brasileiro

 

Na disputa com o chileno Pinares, Marcos Júnior não conseguiu acompanhar o dinâmico meio de campo do GrêmioLucas Uebel/Grêmio
Por O Dia
FERNANDO MIGUEL: Mal protegido, foi o menos culpado no desastroso desempenho da defesa. NOTA 4
MIRANDA: Uma tarde de domingo para apagar da memória. Não subiu com Diego Souza no cruzamento que originou o segundo gol e ainda cometeu um pênalti bobo no fim. NOTA 2
MARCELO ALVES: Inseguro, não acompanhou o ritmo de Diego Souza e deixou a desejar na marcação pelo alto, principalmente. NOTA 3
RIBAMAR: Entrou aos 19 minutos do segundo tempo, mas, isolado, não realizou uma boa jogada. NOTA 3
LEANDRO CASTAN: Assim como os demais zagueiros, foi envolvido pela troca de passes e movimentação ofensiva do Grêmio. Foi substituído no intervalo. NOTA 3
RICARDO GRAÇA: Pouco acrescentou. O Grêmio, com facilidade, marcou mais três gols no segundo tempo. NOTA 3,5
LÉO MATOS: Arriscou uma boa finalização no primeiro tempo. Na marcação, deixou a desejar, deixando muito espaço pela direita. NOTA 3
LEONARDO GIL: Não poupou esforço para correr, na maioria das vezes, em vão atrás de Ferreira, Pepê, Pinares… NOTA 4
MARCOS JÚNIOR: Perdido na marcação. Disperso, perdeu bolas perigosas no meio de campo. NOTA 3
JUNINHO: Não entrou atento, na ‘voltagem’ que o jogo exigido. Com passes para o lado e baixa combatividade, pouco acrescentou. NOTA 3
NETO BORGES: Lento, sofreu com a velocidade de Ferreira. Mal tecnicamente, errou a maioria das jogadas quando subiu ao ataque. NOTA 3
MARTÍN BENÍTEZ: Tecnicamente, foi um feixe de luz, mas não o suficiente para iluminar os demais companheiros. Correu, marcou, arriscou finalizações numa solitária atuação ofensiva. NOTA 5
TALLES MAGNO: Isolado na ponta, pouco criou. A solidão, no entanto, não justifica a má fase técnica, pois a joia não encaixa mais os dribles de 2019 e erra jogadas simples. NOTA 3
TIAGO REIS: Entrou na fogueira e nada acrescentou. NOTA 3
GUSTAVO TORRES: Perdido, tanto na ponta direita quanto centralizado. Mas foi pouco acionado. NOTA 3
CARLINHOS: Apesar da vontade, não melhorou o poder de criação da equipe. NOTA 3
TÉCNICO: RICARDO SÁ PINTO: Em meio ao caos político no clube, não consegue esboçar poder de reação ou perspectiva de melhora da crise técnica do Vasco, que, mais uma vez, foi uma presa fácil e pouco combativa na derrota para o Grêmio. NOTA 3
COMPARTILHAR

Warning: A non-numeric value encountered in /home3/reporterbarra/public_html/wp-content/themes/Newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1008