Neymar é expulso, denuncia racismo e diz: ‘Arrependido de não dar na cara do babaca’

Por Lance – Brasileiro retornou ao PSG após se recuperar da covid-19, mas PSG acabou derrotado

Neymar – AFP

Paris, França – Na segunda rodada da Ligue 1, o Paris Saint-Germain foi derrotado por 1-0 pelo Olympique de Marseille, neste domingo. Florian Thauvin marcou o único gol da partida. Ao final da partida Neymar foi expulso após agredir um adversário que, segundo o brasileiro, cometeu racismo.

O GOL
Payet cobrou falta de longe e cruzou para a área, a defesa do Paris Saint-Germain ficou olhando e Thauvin apareceu sozinho, cara a cara com o goleiro, para apenas completar para o fundo das redes.

ACUSAÇÃO SÉRIA
Neymar também foi expulso nos acrésimos. Após a confusão, o juiz viu o brasileiro dar um tapa na cabeça de Álvaro González. O camisa 10 saiu de campo bravo e acusou o espanhol de racismo.

SEGUNDA SEGUIDA
Mesmo em casa e com Neymar em campo, o PSG não conseguiu vencer. Na primeira rodada, com sete desfalques, o clube parisiense perdeu para o Lens. Hoje, também foi derrotado e ainda não pontuou no Campeonato Francês.

O Rennes é o líder do Campeonato Francês com sete pontos. O Paris Saint-Germain também jogou apenas duas vezes. Na quarta-feira (16), o Paris Saint-Germain recebe o Metz, às 16h. No mesmo horário, mas na quinta-feira (17), o Olympique de Marseille enfrenta o Saint-Étienne.

COMPARTILHAR