Policial atira contra carro de padre após perseguição no ES

Um policial atirou contra o carro de um padre, em Jacaraípe, na Serra, na noite de quinta-feira (20), porém, tudo não passou de um mal entendido.

Em depoimento o policial contou que estava chegando do supermercado com a esposa e viu, na rua da casa dele, um carro diferente. Suspeitando da situação, ele deixou a mulher em casa foi até o veículo verificar.

O padre, que estava no carro, também ficou desconfiado e ficou observando o homem. O policial, então, deu ordem de parada, mas o padre acelerou. Viaturas foram acionadas e quando o padre chegou em casa, em Jardim Camburi, em Vitória, foi abordado pela polícia.

Muito assustado, ele contou que havia saído de uma missa, no bairro de Fátima, na Serra e resolveu ir lanchar com um amigo na região de Jacaraípe, quando foi visto pelo policial.

Na ocorrência consta que o policial chegou atirar quatro vezes contra o carro do padre, porém, em conversa com a reportagem da ele disse que não houve disparo.

Num vídeo gravado por moradores de Jardim Camburi, é possível ver o momento em que a polícia chegou no condomínio onde o padre mora. Muitas viaturas estiveram no local para realizar a abordagem. Mesmo sem entender nada, ele foi levado para a delegacia para esclarecer os fatos.

O policial militar envolvido na ocorrência havia passado por uma situação preocupante há poucos dias e, por isso, acabou desconfiando do veículo do padre. Segundo o militar, na noite da última segunda-feira (17), ele sofreu um ataque que acabou em troca de tiros e com cinco homens presos.

Informações: Folha Vitória

COMPARTILHAR