Colatinense vai à residência do Presidente da República para tirar foto e é surpreendido

O atleta quando da passagem da tocha olímpica por Colatina disse que se surpreendeu com a atitude de Bolsonaro

Um colatinense teve a honra e felicidade de conhecer não somente a moradia oficial do Presidente da República, mas também de conversar e apertar a mão do Presidente Jair Messias Bolsonaro, em visita a Brasília. “Quando eu vi o Presidente da República vindo em minha direção eu fiquei muito emocionado. Foi uma das coisas mais intensas que eu vivenciei em toda minha existência”. Relata o colatinense.

O atleta Colatinense José Carlos Marianelli, teve um dos momentos mais intensos de toda sua vida em Brasília, além de uma boa colocação na Meia Maratona de Brasília ele ainda conseguiu conversar com a autoridade máxima da nação.

Após a meia maratona, o atleta teve vontade de conhecer a casa oficial do Presidente da República, o Palácio da Alvorada. Lá chegando, começou a tirar fotos da residência. Em um momento foi até local aonde ficam reunidos os seguranças da mansão e disse que era do Espírito Santo e queria conhecer mais o local. Pediram para ele aguardar.

A grata surpresa veio quando um porta voz do serviços do Palácio da Alvorada disse que ele poderia entrar, pois a assessoria do presidente liberou para que ele pudesse conhecer pessoalmente Bolsonaro. Nesse instante, segundo Marianelli, iniciou toda a sua emoção, pois em alguns minutos estaria frente a frente com presidente.

Iniciou-se uma série de investigação a respeito do atleta colatinense por parte da equipe de segurança presidencial. Uma pesquisa através dos órgãos de inteligência para saber se havia algum tipo de impedimento em relação a seu nome. Após verificar a legalidade de suas ações enquanto cidadão, os seguranças levaram José Carlos Marianelli para um local onde ele ficou praticamente sem roupas para que fosse feita uma vistoria completa para terem a certeza que ele não estava levando nenhuma arma ou objeto suspeito. Após a verificação Marianelli foi liberado para entrar e conhecer o Presidente da República.

O atleta colatinense revela que: “Quando Bolsonaro veio em minha direção eu fui tomado por muita emoção. Ele é uma pessoa muito simples, trata a gente como se já conhecesse. Quando ele me deu a mão e começou a conversar comigo fiquei arrepiado de emoção. Eu estava conversando com o presidente da república”.

Marianelli não se cansa de falar da simplicidade do presidente e que quando se despediu, desejou a ele felicidades e disse: “Vai com Deus Capixaba”.

Um momento único na vida de um atleta, cujo início de sua jornada foi somente para tirar uma fotografia da casa oficial que abriga o presidente da república do Brasil e terminou com uma visita com direito a conversa e aperto de mão.

* Difusora

COMPARTILHAR