Ainda há vagas para retiro de Carnaval no Mosteiro Zen, em Ibiraçu

Longe dos blocos ou dos desfiles, a calma e a meditação compõem uma programação que já é feita há 46 anos no Mosteiro, em Ibiraçu. O objetivo é fornecer instrumentos de autoconhecimento para pessoas de qualquer religião, em experiências coletivas e individuais

Fonte A Gazeta

Retiro de carnaval no Mosteiro Zen é opção para quem busca tranquilidade. Crédito: Facebook

Está à procura de um carnaval diferente? Sem dúvidas, um retiro no Mosteiro Zen Morro da Vargem, em Ibiraçu, atende a proposta. Longe dos blocos ou dos desfiles, a calma e a meditação compõem uma programação que já é feita há 46 anos e que tem como objetivo fornecer instrumentos de autoconhecimento para pessoas de qualquer religião, ou mesmo sem religião alguma, em momentos divididos entre experiências coletivas e individuais.

Neste ano, de acordo com o Monge Shojun Chagas, haverá duas possibilidades de duração do retiro, uma mais curta, entre os dias 22 e 26 de fevereiro, e outra completa, de uma semana, entre os dias 22 e 29 do mesmo mês. A respeito dos valores, o menor pacote custa R$ 900 e o maior R$ 1.300, sendo que todos contemplam alimentação ovo-lacto vegetariana e hospedagem.

“A gente deixa claro que não é uma alimentação vegana. Além disso, não se trata de uma experiência de hotelaria, vai muito além de comer e dormir. Aqui é como um curso, que oferece práticas de meditação, mindfullness, que é a prática de atenção plena de contato consigo e com o outro, para aprender a não viver a vida no automático, atentar ao aqui e ao agora. Também há momentos em que o participante pode caminhar e relaxar, por exemplo. São momentos coletivos e individuais”, disse o monge.

REGRAS

Segundo Shojun, a experiência é democrática e ecumênica, de modo que não exige dos participantes conhecimento prévio sobre o budismo. “Não há necessidade de prática anterior, sendo que a maioria dos que vão não são budistas, nem querem ser. O nosso público tem essa característica. E vem gente de outros Estados e países, até mais do que os próprios capixabas. O que é buscado é se descobrir, encontrar o “eu” de fato. O Mosteiro é uma unidade de gestão. Gestão de si mesmo e do tempo, lugar de tentar buscar melhor a utilização dos espaços e dos recursos comuns”, revelou.

Questionado sobre as regras do local, o monge respondeu que o básico é a moderação, sendo que nem mesmo o uso de celular é proibido. “A gente não tem restrição de não falar, como em outros mosteiros. Mas pedimos moderação com tudo, por exemplo, com o celular. Em atividades coletivas e de meditação não dá para usar, mas fora é possível, desde que com moderação. Esperamos esse bom senso para que todos consigam se comunicar com o outro, ter esse contato real”.

Os trajes que devem ser usados no ambiente religioso são roupas de cor discreta, sendo recomendados camiseta e calça de tecido flexível, para sentar à vontade para as práticas de meditação. Além disso, o interessado em participar do retiro deve levar roupa de cama e produtos de uso pessoal.

INFORMAÇÕES

Quem deseja se inscrever no programa de retiro de carnaval deve fazer contato com o Mosteiro via telefone, pelo número (27) 3257-3030, das 8h às 16h.

O Mosteiro fica às margens da BR 101, no quilômetro 219, em Ibiraçu. Mais informações sobre como chegar ao local estão disponíveis no site da instituição.

COMPARTILHAR