Prefeitura inicia retirada de veículos sucateados e abandonados na Vila Landinha

Começou a mudar a situação de parte da rua Antonio Furlan no bairro da Vila Landinha. O povo que perdeu a paciência com tamanha incompetência administrativa, já que falta pulso e coragem de trocar secretário que não tem ação, nesta tarde de sexta-feira (07), o local que era ponto de consumo de crack e troca de celulares certamente roubados, começou a ter mais atenção por parte da administração municipal.

Homens da Secretaria de Interior, tendo a frente o secretário Valmir Saar, iniciaram a retirada dos veículos, sendo os mesmos elevados por uma retroescavadeira e alojados em um caminhão. O destino das sucatas ainda não é certo, mas certamente a ação causou uma boa impressão de quem reside nas imediações do antigo armazém da Cibrazen.

A atual administração municipal não tem colaborado com alguns moradores que residem no bairro da Vila Landinha, principalmente os que são obrigados a transitar pelas vias laterais a estrutura da antiga Cibrazen. Hoje o imóvel e toda a área que um dia serviu de forma péssima para abrigar veículos apreendidos em situação irregular pela PM, voltou em grande parte a exibir o mesmo tratamento.

Um morador que passa pelo local várias vezes ao dia, confirma que falta zelo com o local, que poderia alojar uma bela praça para a comunidade. “Aqui já se viu gambá, rato e até cobra saindo de um canto pra se esconder em outro”, afirma o morador que tem dois imóveis naquelas proximidades.

Já a dona de casa Lourdes Marcelino de Souza, o medo maior é à noite quando é obrigada a buscar a filha que estuda no centro da cidade e acaba voltando altas horas e teme que algo aconteça com seus familiares. “Tem maconheiro que vem aqui de noite fumar ou até comer droga e quando de dia até cheirador de cola já foi visto”. Tudo na cara da Prefeitura que ali tem as vezes funcionários que estacionam os caminhões mas não interferem, porque temem serem marcados”, afirmou a moradora.

No local a reportagem localizou entre os veículos abandonados, um trator adquirido na gestão do prefeito Edson Henrique Pereira no ano 2000. Ao lado do veículo estão carcaças de uma kombi e de uma estrutura para trailler, as quais podem servir de local para a proliferação do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Na sessão legislativa desta segunda-feira dia 03, o vereador Admilsom Brum fez várias reivindicações através de indicações junto ao Executivo Municipal. O parlamentar, solicita entre outras ações, que sejam efetuadas a limpeza e coleta de lixo, bem como a regularização do funcionamento do setor de iluminação pública.

Veja na sequência das fotos que a primeira, mostra parte da via quase na total escuridão. Falta limpeza na área como capina e recolhimento de entulhos, sobras de material de construção e outros. Em seguida as indicações feitas pelo vereador Admilson brum.

Fotos e texto Carlos Madureira

 

 

 

 

COMPARTILHAR