Pais de alunos denunciam para Vereador Mulinha, falta de material didático escolar na da Rede Municipal de Ensino

O vereador Wilson Pinto das Mercês – Mulinha (PDT), recebeu esta semana, uma denúncia de que a Rede Municipal de Ensino, se encontra sem destinar até o presente momento, material didático direcionado para o Ensino Fundamental.

Mulinha recebeu denúncias de pais de alunos matriculados na Escola Municipal João Bastos, onde afirmam não haver livros de português,  matemática e ciências. Na denúncia, os pais alegam que para fazerem suas tarefas, os alunos têm que se deslocar para a biblioteca da escola e fazer as tarefas que dá tempo, ficando as demais sem serem completadas e até iniciadas.

Segundo a denúncia ao vereador Wilson Mulinha, os alunos estão sendo prejudicados por não terem os livros para fazerem as tarefas em casa. “Depois quando chega ao final do ano, meus filhos ficam levam “bomba”, ou seja, ficam reprovados e de quem é a culpa?”, questiona uma mãe de aluno que esteve esta semana visitando a escola onde o filho estuda.

Os pais disseram ainda que foram até a escola para saber a veracidade da denúncia de seus filhos e puderam comprovar que realmente não há livros, sendo que até o momento, não foram adquiridos pela Semec – Secretaria Municipal de Educação, e que os responsáveis pela escola confirmaram não haver os livros.

Ao ser informado pelos pais, que se dirigiram ao vereador para que pudesse auxiliá-los e tomar as providências, Mulinha realizou fez algumas ligações e obteve informações de que não é só na escola João Bastos que se apresenta o problema, mas que outras escolas da rede municipal também se encontram passando pela mesma situação e que inclusive, algumas unidades escolares, realizaram rifas de sorteios de caixas de bombons e outros, para os alunos venderem e arrecadarem recursos financeiros para compra de materiais didáticos.

O vereador Wilson Mulinha se comprometeu com os pais de estar enviando requerimento ao Chefe do Executivo Municipal cobrando informações da denuncia e pedindo solução do problema, já que as aulas já se encontram no final do primeiro semestre.

COMPARTILHAR