Vereador Huander Boff presta contas e diz que uso de diárias não foi para passeio

Recentemente houve uma denúncia via matéria publicada no site Voz da Barra.com, afirmando que a farra das diárias, na Câmara Municipal, havia retornado, baseando os fatos, em matéria publicada no jornal A Tribuna do último dia 07, domingo passado. Em nenhum momento a reportagem de A Tribuna, fez qualquer comentário ou julgamento sobre o emprego de diárias por parlamentares em Barra de São Francisco, apenas citando os valores utilizados de janeiro do ano passado a março deste ano. A maior parte do valor apresentado pela reportagem, no jornal da capital, se refere quando o vereador Jonciclé Honório esteve na presidência, nos últimos doze meses de 2018, na Câmara Municipal, quando os gastos com diárias foram de R$ 76 mil.

A Câmara Municipal não figura entre as dez que mais gastam no ES e aponta o Legislativo francisquense ocupando a 11ª posição utilizando da prerrogativa. Os vereadores Huander Cleidy Boff e Wilson Pintos das Mercês (Mulinha) garantem que as diárias, foram necessárias já que o deslocamento para a capital Vitória, implica em muitas vezes, levar o parlamentar a ter de almoçar e jantar para correr atrás de secretarias, deputados e empresários, no sentido de se obter recursos para serem destinados ao município.

“Não estamos indo a Vitória para ficar na praia, muito menos para lazer. Estamos nos ausentando de nossa cidade e das nossas famílias, para ver se encontramos deputados e secretários, interessados em ajudar nosso município”, justificou Huander Boff, que criticou a forma com que o site, resolveu abordar de forma tendenciosa o assunto. “Claro que este site e seus responsáveis, tem interesse em denegrir a imagem do Legislativo, principalmente os vereadores de oposição ao Executivo”, desabafou.

O vereador Huander Boff, justificou que os gastos são menores do que em municípios pequenos como Jaguaré, Sooretama e Itapemirim onde os legislativos utilizaram de um número maior de diárias. Todas essas Câmaras têm menor porte do que a local. “Além disso, é necessário que se levante o que realmente os vereadores foram buscar e conseguiram para o município”, destacou Boff que acrescentou que se o município tem perdido recursos, via emendas parlamentares, e não é culpa dos vereadores que “correram” atrás e tiveram as emendas sacramentadas nos orçamentos estadual e federal, mas que acabam sendo devolvidas, devido a situação do município não estar apto a receber o recurso por falta de certidão negativa.

Para Boff, houve a intenção de prejudicar a imagem dos parlamentares e não a de retratar fielmente o que o jornal A Tribuna publicou. “É fácil entender porque este tipo de jornalismo está sendo empregado”, disseram os dois parlamentares citados. “Nós estamos sendo contrários a algumas matérias enviadas pelo Executivo que mantém gravitando em sua órbita, pessoas interessadas em se manterem no poder e que não aceitam ser denunciadas quer por omissão ou incompetência”, destacou.

O parlamentar garante que esteve buscando recursos para o município e pode provar. Em nota enviada para a imprensa, ele afirmou que em 2017 suas diárias alcançaram R$7.500,00 e em 2018, R$ 5.400,00. Boff destaca que em dois anos de mandado conseguiu com suas viagens, cerca de R$2.958.000,00, descrevendo que com tais recursos, o município adquiriu: uma máquina de polar café e um secador, com capacidade de 180 sacos maduros, equipamentos estes que foram destinados para a Associação do Córrego do Panorama e cujo valor ficou em torno de R$ 90.000,00.

Emendas destinada a reformas de Unidades de Saúde

Ele enumerou ainda que uma retro-escavadeira foi destinada para a Agricultura no valor de R$198.000,00; outra emenda para o setor de saúde no valor de R$500.000,00 que foi distribuída para a aquisição de três veículos marca Chevrolet – modelo Onix, além de móveis e equipamentos para a Unidade de Saúde do município em torno de R$ 200.000,00 e mais a reforma de outra unidade, localizada no bairro Irmãos Fernandes, no valor de R$ 171.000,00, além da reforma da Unidade de Saúde do bairro Colina, orçada em R$ 129.000,00.

Vila Vicente e Irmãos Fernandes

Indignado com o que foi publicado, Huander Boff apresenta ainda a emenda destinada para a implantação da rede de captação de águas pluviais do bairro da Vila Vicente, localizada atrás da escola municipal e cujo valor está em R$ 300.000,00. Outra emenda obtida pelo parlamentar, está para a construção de uma praça de recreação no bairro Irmãos Fernandes, proximidades do loteamento Carabina, no valor de R$ 250.000,00.

Saúde e Agricultura

Ainda descrevendo as emendas obtidas graças as viagens efetuadas para fora do município, Huander Boff destacou a emenda para o setor de saúde para a aquisição de materiais odontológicos para o Sindicato Patronal e aquisições diversas pelo município, no valor de R$ 200.000,00. Já na Agricultura, Boff apresentou o convenio entre município e a Seag – Secretaria de Estado da Agricultura, para a implantação de quatro mil m2, mais 1.850 m2 de meio-fio, para calçamentos no Córrego do Miracema, valores estimados em torno de R$400.000,00. Outro convenio também com a Seag, destinou recursos da ordem de R$700.000,00 para aquisição de pontilhões de cimento a serem utilizadas em seis das dez pontes nos distritos e estradas rurais. Vale ressaltar, que este último recurso já foi liberado pelo secretário Paulo Foletto e aguarda apenas o ofício do Executivo, com a parceria e as indicações, mais a metragem com o projeto das “cabeceiras” das referidas pontes.

Ainda destacou o vereador Boff que se encontra em processo de conclusão na Seag, a aquisição de um compactador de estradas para ser destinada a Secretaria Municipal de Agricultura, avaliado em R$200.000,00. Também se encontra em fase de aquisição, uma máquina de pilar café, destinada para a Associação do Itá, via Seag e no valor de R$ 50.000,00.

Para a Associação do Córrego Passabem, aconteceu a solicitação por parte do parlamentar, para um trator, que já foi adquirido e entregue para a comunidade, avaliado em R$ 70.000,00. Ressaltou, que todos estes equipamentos e serviços, são fruto do trabalho do Diretório do PSB, e que ele foi o porta voz das comunidades junto ao gabinete do idealizador das emendas, então deputado federal Paulo Foletto que hoje se encontra secretário da Seag, totalizando estes recursos em R$2.958.000,00.

Encerrando o vereador Huander Boff desabafou, dizendo que estão tentando mudar o foco da população para com a péssima administração que hoje se encontra a frente dos destinos do município, mas, que é necessário ficar atendo para quem realmente trabalha em favor desta terra e de sua gente. “ Quando vamos a Vitória e ficamos batendo na porta dos gabinetes, o fazemos deixando nossos afazeres, nossa família, nosso lazer, para lutar por benefícios que podem melhorar a vida de produtores rurais e de cidadãos francisquenses. O uso das diárias, é tão somente para servir de apoio a alimentação e socorrer nossos conterrâneos que encontramos pelo caminho. Não estamos indo para passear e arriscando nossas vidas pelas estradas, o fazemos porque acreditamos que estamos cumprindo o nosso papel de legislador. Não estamos trancados em gabinetes com ar condicionado como muitos o fazem e sim indo atrás de recursos, tão necessários para este município”, finalizou.

COMPARTILHAR