Polícia prende em Linhares dois homens suspeitos de integrar quadrilha que roubava cargas

roubo de carga
Edivaldo de Carvalho Paim / Adenilson Dias da Silva

Uma quadrilha especialista em roubo de cargas foi desarticulada pela polícia civil. Dois homens, identificados como Adenilson Dias da Silva, de 41 anos, e Edivaldo Carlos Paim, estão presos. Um terceiro suspeito, Wellis de Carvalho Paim, 32, está foragido.

Segundo a polícia, as prisões aconteceram na última quarta-feira (13), no bairro Vila Isabel, em Linhares. Entre os crimes está o roubo de uma carga de café, que gerou um prejuízo de R$ 370 mil.

A investigação da polícia aponta que a quadrilha abordava os motoristas de caminhão, que seguiam de Linhares em direção a São Paulo. No entanto, tudo era forjado. O próprio caminhoneiro entregava a carga mediante uma remuneração que variava de R$ 1 mil a R$ 10 mil. Após esse fato, ele ia até a delegacia e registrava uma ocorrência de roubo, dizendo que havia sido rendido por pessoas armadas, amarrado e deixado na beira da estrada até conseguir se soltar.

Um caminhoneiro, chamado Neílson Sales, registrou três ocorrências de roubo em menos de um ano, gerando desconfiança nos policiais “Nós começamos a suspeitar de ocorrências muito semelhantes, então iniciou-se uma investigação e para nossa surpresa por meio de uma denuncia anônima de que estava havendo uma troca de cargas entre carretas, nós continuamos essa investigação e conseguimos chegar a um motorista de caminhão que foi detido em novembro do ano passado”, explicou o titular da Delegacia Especializada em Roubo de Cargas, Gabriel Monteiro.

A partir do depoimento de Neílson Sales, que confessou a participação no crime, a policia conseguiu identificar os outros três integrantes, os dois detidos e o foragido. Os três, que já estão presos, irão responder por falsa comunicação de crime, associação criminosa e furto qualificado.

As investigações continuam para identificar mais membros da associação criminosa “Nós temos a informação que há mais integrantes dessa quadrilha no estado inteiro então nós estamos firmes na questão de identificar e prender os demais integrantes” conclui o delegado. Informações,video e foto Eshoje.

COMPARTILHAR