Paralisação de rodoviários na Grande Vitória tem mais de 70 linhas e 250 ônibus afetados

Linhas importantes, como 500, 504, 509, 515, 526, 591 e 700 operam pela empresa e foram afetadas com a paralisação

Pelo menos 250 ônibus estão impedidos de circular na manhã desta terça-feira (12), na Grande Vitória. Desde às 04 horas, representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Estado do Espírito Santo estão em frente a garagem da empresa Santa Zita para evitar que os coletivos saiam para as ruas.

De acordo o representante do Sindirodoviários, Valdecy Dulcilina Laurindo, que está no local acompanhando o movimento, a jornada de trabalho reduzida e a insegurança dentro dos coletivos são as principais reivindicações dos trabalhadores.

“A empresa está contratando trabalhadores com jornada de trabalho de 5 horas. Nós temos o salário de R$ 2.304 e o ticket de R$ 730, aí eles contratam com a jornada reduzida e pagam R$ 1.300 reais de salário e R$ 300 de ticket. Com isso, estão mandando o pessoal do convencional embora e ficando com o pessoal da jornada reduzida, então daqui a pouco vai estar todo mundo ganhando um salário de R$ 1.300 e nós estamos revoltados. Não aceitamos esse tipo de coisa”, afirmou.

A empresa é responsável pela operação das linhas que atendem maior parte do município de Viana e também alguns bairros de Cariacica. Linhas importantes, como 500, 504, 509, 515, 526, 591 e 700 operam pela empresa e foram afetadas com a paralisação.

COMPARTILHAR