Centenas de pessoas vão as ruas de Mantenópolis para protestar contra fechamento de Hospital

Mantenópolis, cidade situada ao norte do Espírito Santo foi hoje 14/04 sacudida pela primeira e maior manifestação pública de toda a sua história, em repúdio ao fechamento do hospital Nossa Sra. das Dores.
O hospital, construído há pelo menos quarenta anos, assim como todas as unidades de saúde pelo Brasil afora sempre vinha enfrentando problemas de gestão financeira e operando de forma insustentável, mas mesmo diante das circunstâncias adversas, continuava atendendo prioritariamente qualquer pessoa sob quaisquer condições clínicas, ressaltando o real objetivo de um hospital, que é o de preservar e salvar vidas.
Com tal decisão, temem-se que a população continue tendo que procurar atendimento médico nas cidades vizinhas, algumas delas, aliás, com o porte urbano rural e demográfico menor do que o de Mantenópolis, ou equivalente, mas que contam com núcleos de atendimento hospitalar de base auto-suficiente.
Depois da Audiência Pública realizada no dia 10 de abril, de 2015, onde vereadores, deputados estaduais, lideranças políticas e religiosas, entre outros segmentos da sociedade, o povo de Mantenópolis foram às ruas.
Teve um grande manifesto agora à tarde em frente o fórum da cidade e o Ministério Público. Centenas de moradores protestaram pelas ruas da cidade até chegar ao fórum e ao MP local. Vários comerciantes fecharam as portas em sinal de protesto do fechamento do Hospital.
A Passeata se iniciou às 17 horas, saindo do hospital, em direção as ruas da cidade, indo até o fórum local e o MP, onde encerram a manifestação. O promotor não se encontrava no local  de trabalho, pois segundo informações ele tinha compromissos em outro local.
A revolta é tão grande na cidade que os presentes cantaram até o Hino Nacional em frente o fórum e MP e pedindo através de cânticos e cartazes “queremos o hospital”. Esta havendo de acordo com informações um entrave entre prefeitura e Ministério Público local.
O Hospital de Mantenópolis, depois de passar por uma reforma que foi feita com a participação solidária de todos os segmentos da sociedade, contando com doações de materiais e até mão-de-obra para que se realizasse esse sonho, atendeu nos últimos trinta dias mais de 1,200 pessoas, e apesar da precariedade e da falta de apoio das autoridades de saúde da esfera estadual, seguiu firme com seu propósito.MANTE 5
A comunidade prevê a organização de outra manifestação no dia 15/04/2015, não para mudar ou confrontar as leis, mas para que ela seja aplicada de forma justa. Não para negociar as leis constituídas, mas para reivindicar direitos adquiridos que a própria lei concede aos municípios que são soberanos de fato e de direito.
Hospital e Maternidade é filantrópico e conhecido com hospital e maternidade Nossa Senhora das Dores é da sociedade São Vicente de Paula de Mantenópolis.
Esta foi à segunda manifesta, sendo que a primeira foi no ultimo domingo as 14 horas, onde ficaram concentradas em Frente ao hospital onde fizeram uma corrente e oraram o Pai Nosso. Lembrando ainda que os deputados presentes a reunião da Audiência Pública, do dia 10/04/2015, fizeram um apelo para que o promotor que se sensibilizasse com a população de Mantenópolis.

MANTE 56 mante mante 3

Por Rony Peterson

COMPARTILHAR